Field to Fork Farm

Field to Fork Farm é um referencial de boas práticas agrícolas, para a produção e embalamento de produtos hortofrutícolas, elaborado pela Marks & Spencer, o qual é de cumprimento obrigatório para todos os fornecedores desta empresa de distribuição do Reino Unido.

Para melhor adequação do referencial, os produtos são agrupados em quatro categorias, sendo que cada categoria apresenta requisitos para os diferentes produtos. A definição dos requisitos a cumprir para um determinado produto, depende da categoria a que o produto pertence:

  • Categoria 1 – Produtos hortofrutícolas que podem ser consumidos crus, que não possuem uma pele ou casca que é removida antes de serem consumidos e que apresentam um elevado risco ou historial de contaminações patogénicas. Como é o caso das folhosas para salada, cebolas para salada e ervas aromáticas frescas e congeladas.
  • Categoria 2 – Produtos hortofrutícolas que podem ser consumidos crus e que não possuem uma pele ou casca que é removida antes de serem consumidos, que apresentam algum risco ou historial de contaminações patogénicas. Como acontece com a beterraba, os brócolos, a couve, a cenoura, a couve-flor, o aipo, a courgette, o pepino, o melão, os cogumelos, a ervilha, o rabanete, a framboesa, o morango e o tomate.
  • Categoria 3 – Produtos hortofrutícolas que podem ser consumidos crus, que possuam pele ou casca que é removida antes de serem consumidos ou cresçam afastados do solo ou não apresentem um risco significativo ou historial de contaminações patogénicas, como as maçãs, a alperce, os citrinos, a cereja, o alho, as uvas, o feijão-verde, o kiwi, as nectarinas, a pera, o pêssego, a ameixa ou os frutos secos.
  • Categoria 4 – Produtos hortofrutícolas que são sempre cozinhados, como as alcachofras, os espargos, as beringelas, as couves de Bruxelas, o alho francês, a batata, a abóbora ou a batata-doce.

O referencial encontra-se dividido em sete capítulos, cinco deles de verificação obrigatório:

  • Sistema de Gestão da Qualidade e Rastreabilidade
  • Segurança Alimentar
  • Requisitos das instalações de embalamento, o qual é verificado em auditoria, apenas se a organização possuir uma instalação para o embalamento do produto
  • Produção Biológica - acaso seja verificado que a organização produz este tipo de produtos biológicos
  • Pesticidas
  • Ambiente
  • Organismos geneticamente modificados

Responsável Comercial

Pedro Falcato

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Tel: (+351) 919 924 863